Mulher + Sexo = Homem por fora

Papo reto, franco e sem pudor algum: sexualmente falando, homem não manja nada de mulher. Nada. Bom, tá certo que homem também não manja nada de mulher nas esferas sentimentais, comportamentais, psicológicas, estruturais, etéreas, etc, etc, etc. Mas vou ater meu texto só ao sexo.

Quando o papo envolve a “periquita”, não tem jeito. O cara não saca porcaria nenhuma. Prova disso é que há uma parcela que joga no outro time, o time de origem pessoal, justamente por considerar o território melhor mapeado; de mais fácil assimilação e conquista.

Os que ainda insistem no desbravamento da fêmea sexual, custam a admitir algumas ignorâncias clássicas. Como o fato de terem descoberto tarde que o xixi da mulher não sai pelo mesmo lugar onde ela é penetrada pelo pênis ou por onde nascem os bebês. Ou que o leite do peito, quando elas tem filho, não seca depois de alguns meses por acompanhar o crescimento do rebento que passa a não depender mais da bebida como único alimento. Se a mãe estimular a criança a mamar até os 10, 15 anos, o peito da dita-cuja vai continuar a produzir leite normalmente, vocês sabiam? Eu não, descobri recentemente. Não é um absurdo? Aliás, também há um ou outro desavisado que evite beijar os peitos das garotas durante o sexo por temor de receber leite na cara, como se toda mina tivesse um reservatório lácteo nas mamas, mesmo sem estar grávida. E gente, elas não tem!!! Sabiam?

Muitos dos homens que eu conheço imaginam que a mulher tem que apertar o clitóris na hora de urinar. Para que o jato saia por uma espécie de torneirinha. Deste modo, além de ter prazer se aliviando, a mulher se mantém limpa. E se não fizer isso, escorre tudo pelas pernas. Ah, por falar em clitóris, indubitavelmente a maior parte dos homens do planeta sequer imagina que ele exista, e muito menos como lidar com o mesmo visando o orgasmo feminino (há quem jure de pé junto que mulher nem goza!).

Há quem diga ainda que os tais Grandes Lábios da vagina tem o mesmo tamanho dos lábios da boca de sua dona. Tadinha da Angelina Jolie então! Aliás, esse tipo de associação é como ver paralelos entre o tal do dedo médio da mão de um homem com o tamanho real de sua piroca (se isso for verdade, transar com o ET, o Extraterrestre, deve ser o bicho).

Ponto G então? Há um consenso masculino que é mais fácil localizar a cidade perdida de Atlântida do que chegar até ele. Mapas e mais mapas já foram desenhados, em séculos de trocas de experiências entre os barbados. E todas mal sucedidas, porque o tal do Ponto G varia de mulher para mulher.

Certeza que o homem não sabe que uma mulher tem um peito maior que o outro, sempre. Estou dizendo isso com propriedade, por ser notoriamente homem e por ter coragem de falar a verdade. Mais, o homem não admite, mas muitas vezes quando a mulher está lubrificada demais em uma transa (algo cada vez mais raro quando elas não transam umas com as outras), eis que os idiotas pensam que ela está urinando. Sim, urinando! E tem o tal do “squirt” que dá nó na cabeça de todo e qualquer cara que já tenha digitado essa palavra em qualquer um dos 9 bilhões de sites pornôs existentes na internet! Não consigo nem explicar ao certo o que é, mas trata-se de um fenômeno similar à explosão da barragem da usina hidrelétrica de Itaipú, mas com a água saindo pela proxasca!!! Eita!

Aliás, eu falei “proxasca” no final do parágrafo anterior como sinônimo popular da “vagina”. Homem saca tão pouco da coisa da mulher que nem imagina que essa tal coisa seja conhecida por CENTENAS de outros nomes, dos mais engraçados aos mais chulos. E um troço é a tal da Vagina. E outra, completamente diferente, é a Vulva! Sabiam? Só não me peçam para explicar porque eu também não entendi ainda.

A vagina é um músculo, acreditam? Algumas pessoas pretensiosamente mais espertinhas me corrigirão dizendo que não é, que “vagina” é “um canal do orgão sexual feminino, que se estende do colo do útero à vulva” (Google). Pois bem, povo sabichão, e como se explica que a tal da vagina tenha força para mastigar um dedo, um vibrador ou um pênis, que possa arremessar uma bola de golfe em alta velocidade, ou que possa fumar um charuto de pai-de-santo em questão de minutos? É, isso se chama “pompoarismo”, a prexeca faz e não é algo fácil de contar a vocês!

Na hora do sexo é um caos. O homem não sabe dar prazer com a mão para a coitada da mulher. Imagina que a satisfação do toque íntimo vem da raspagem do colo do útero com a unha do dedo indicador, o que faz visando também saber se o tal do canal vaginal tem fundo ou se é como o Sistema Digestivo, que dá volta dentro da barriga. Mas não, gente. São os tais movimentos circulares em torno do clitóris que o cara tem que fazer com o dedo que dão o prazer à mulher, algo que – é claro – ele NÃO FAZ! E voltando um pouco ao clitóris, dizem que ele é como um grão de ervilha. Mas nem pra ser verde pra facilitar a localização??!!!

Ainda no sexo, se a mulher vem por cima o homem não sabe se movimentar para dar prazer. Se ela geme e arfa no ato, tanto pode ser dor como tesão, e o cara nunca sabe qual dos dois a satisfaz: na vida de um macho, em algum momento aparece uma pervertida no caminho para confundir sua cabeça. Quando ela colabora com o tal do “meia-nove”, não raro o sujeito não sabe o que fazer com tanta informação e quebra o encanto colocando o nariz onde não deve. Se ela finge o orgasmo, ele jamais saberá. Quando ela questiona se ele não a percebeu gozando, ao dizer que sim é óbvio que ele estará mentindo. E, por fim, se em algum momento da transa um anel de plástico sair de dentro da perereca da coitada, não, o homem não acaba de ganhar uma “onion-rings” da natureza: isso é um método contraceptivo de introdução vaginal, mas não me peça para explicar mais essa porque aí, meu filho, AÍ JÁ É DEMAIS!!!

 Leia mais textos do Rafa Cortez

Tags: , , , ,

Humor É tudo uma questão de sorte.

Vai entender o raciocínio. Temos uma mania estúpida de dividir as coisas em frações, métodos. Sei lá o porquê ou o motivo disso, só...

Humor Declaração de amor

Sei que vai se sentir o pica das galáxias, mas eu preciso admitir: igual a você, não há outro. Por motivos fúteis e que...

Humor Mais humor, por favor

Por ser escritor e metido a poeta, não são poucas as pessoas que acham que eu tenho uma lábia infalível e que basta eu...